quinta-feira, 28 de maio de 2009

EGITO: PRECISAMOS ESTUDAR O PASSADO, PARA ENTENDER O PRESENTE E MODIFICAR O FUTURO!!!


O Império Egípcio surgiu nas margens do Rio Nilo por volta do ano de 3.500 a.C. Os egípcios são conhecidos por suas construções monumentais, pela escrita com hieroglíficos e pelo culto aos mortos.
Pode-se falar de uma sociedade hierárquica, desigual e muito estruturada, baseada numa disciplina que tinha o seu fundamento nas relações entre faraó e seus súditos.
A arquitetura funerária do Antigo Egito adotou três formas: a mastaba, a pirâmide e o hipogeu, esta última característica do Império Médio e Novo. As pirâmides, os templos e os túmulos, as estátuas e as estelas são alguns dos monumentos mais importantes para conhecer o passado deste povo.
O conjunto das crenças e atitudes egípcias perante a vida e a morte marcou o significado e a função da sua arte. A arte egípcia não recebeu influências externas, nem na sua origem nem no transcorrer dos três milênios da sua civilização. São três veículos através dos quais se expressa arte das imagens no Egito: a escultura, o relevo e a pintura. A maior parte dessas imagens não se destinava a ser vista, pois se encontrava no interior dos túmulos.


Ana Clara Barbosa de Sousa e Yasmin Moreira Botelho (5ª B)

1 Comentário:

Pedro Augusto disse...

Belo post

Postar um comentário

Comente! Todos os comentários serão bem-vindos, mas reservamo-nos o direito de excluir eventuais mensagens com linguagem inadequada ou ofensiva, bem como conteúdo meramente comercial. A sua opinião é muito importante para nós. Agradecemos a colaboração.

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO