sexta-feira, 12 de setembro de 2008

40 ANOS DE HISTÓRIA!

Mergulhar nas origens históricas do Educandário Padre Gilberto Vaz Sampaio nos transporta para um tempo que completa neste ano de 2008, 40 anos de história.

Tudo começou em 1968 em uma pequena residência na Rua José de Melo, 99. Naquela época, a Escola Branca de Neve, como era então denominada, oferecia as séries que hoje correspondem a Educação Infantil; as instalações eram simples e as poucas classes foram formadas por um número reduzido de alunos. Isto, no entanto, não impediu que Maria Lúcia Vaz Amaral Mota, diretora da Instituição até o seu falecimento em 2001 e Maria Lizete Vaz do Amaral Barbosa, atual diretora do EPGVS, sócias fundadoras, traçassem já naquela época uma meta grandiosa: queriam tornar a Instituição conhecida e respeitada na comunidade e não pouparam esforços nesse sentido. Este ideal que parecia uma grande pretensão dada as condições iniciais, foi, aos poucos, transformando-se em realidade. Trabalhou-se muito, e sério, e a comunidade percebeu e acreditou. A fidelidade ao propósito de oferecer qualidade nos serviços prestados, com base em padrões éticos, fez com que a população estudantil deste Educandário crescesse de ano para ano. Era a resposta da comunidade a um trabalho pautado na dedicação e seriedade de toda uma equipe.
A satisfação da comunidade e a conseqüente demanda crescente pelas vagas foram ocasionando modificações na estrutura física da escola. Em 1972 foi dado ao colégio a denominação de Educandário Padre Gilberto Vaz Sampaio, em homenagem ao tio das fundadoras falecido em maio deste ano.
No ano do Jubileu de Prata, diante das novas demandas e com base nas ricas experiências advindas dos anos de atuação o Educandário Padre Gilberto decide diversificar sua atuação na área educacional. Surge, então, em 1993 o Ensino Fundamental de 5ª a 8ª série. As instalações do Educandário são ampliadas com a finalidade de proporcionar ao aluno todo a infra-estrutura necessária para o seu desenvolvimento integral. A estrutura física do Educandário passa por uma grande modificação e surgem novos espaços.

Com o objetivo de alcançar a máxima eficácia em busca da excelência, ao completar 30 anos de existência, em 1997, o EPGVS oficializa a parceria com a Rede Pitágoras para a qualidade em educação, única rede de ensino do país a oferecer um consistente e efetivo programa de aperfeiçoamento de todos os profissionais das escolas integradas. A partir de então a Instituição passa a contar com o apoio didático, técnico e operacional da Rede Pitágoras. Une-se assim a tradição e a qualidade que marcam a história de ambas as escolas, abrindo perspectivas amplas de inovações e troca de experiências. Além de integrar-se à Rede, o Educandário Padre Gilberto torna-se em 1998 Sede Regional da Rede Pitágoras passando, assim, a sediar encontros entre as escolas parceiras da Região Sudoeste da Bahia. Nestes encontros através de conteúdos e dinâmicas, os profissionais discutem, analisam e planejam intervenções pedagógicas diversificadas e promovem a troca de experiências.
Diante do apelo da comunidade que já usufruía dos serviços educacionais prestados pelo Educandário Padre Gilberto e que, confiando na seriedade dos propósitos desta Instituição, queria que os filhos não tivessem este trabalho interrompido ao término da 8ª série do Ensino Fundamental, o EPGVS torna-se parceiro do EPG, instituição situada à Praça Vítor Brito, 9, que oferece o Ensino Médio e Pré-Vestibular é, também, parceira da Rede Pitágoras e possui uma linha didático-pedagógica e formativa similar à do EPGVS o que permite aos alunos que concluem a 8ª série nesta Instituição a complementaridade da escolarização básica em outra Instituição igualmente comprometida com a qualidade. Em ambas estará à disposição dos alunos toda a infra-estrutura necessária para otimização do trabalho pedagógico e, sobretudo, estará empenhando-se na consecução dos objetivos educacionais almejados uma equipe técnica, administrativa e docente altamente qualificada e comprometida com o aperfeiçoamento contínuo. Uma equipe que se preocupa com a formação personalizada e integral dos educandos, que se preocupa em ajudá-los a desenvolver ampla capacidade de visão, a reconhecer e respeitar valores, a preparar-se para desempenhar papel crítico e consciente neste mundo em vertiginosa mutação. Uma equipe que se esforça para que a aprendizagem se dê cada vez mais de forma prazerosa e significativa. Uma equipe que privilegia as relações afetivas e que por assim ser, tem feito a diferença e presenciado muitas conquistas.

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

O Educandário Padre Gilberto em minha vida...

Thaís Rodrigues Ribeiro (5ª C - Ensino Fundamental)
O Colégio ideal...É aquele que é maravilhoso acima de tudo.
Que pode com a educação de qualidade provocar amor e felicidade.
Onde no mundo de hoje as pessoas não se preocupam com o ensino de qualidade, pois o Padre Gilberto se preocupa com você e com a educação que terá.
Por isso eu quero estudar no Padre Gilberto, pois com a dedicação e a eficiência dos
Professores me fazem um pouquinho mais feliz, mais educada, inteligente, tendo a esperança que tenhamos um mundo melhor.
Agradeço a Deus por colocar o Padre Gilberto em minha vida, pois com ele sou capaz de pensar e de desenvolver meu raciocínio aplicando da melhor forma possível!
Amo-te Padre Gilberto

Protetor
Amigo
Dedicado
Realidade
Excelente

Gigante
Igualitário
Legal
Bom
Excepcional
Raro
T
udo
Ótimo!

Gabrielle Freire e Lorena Café (2 B - Ensino Médio)
video

Leticia Luiza Gomes Marques (6ª C - Ensino Fundamental)

A PADRE GILBERTO NA MINHA VIDA
MUDOU TOTALMENTE O RUMO DA PARTIDA,
APRENDI A LER E ESCREVER COM MUITA EMPOLGAÇÃO,
ISSO TUDO A PADRE GILBERTO
QUE ME ENSINOU COM PERFEIÇÃO.
PADRE GILBERTO MINHA CASA,
ONDE QUERO SEMPRE ESTUDAR,
LUGAR PRAZEROSO, QUE ATÉ NAS FÉRIAS QUERO ESTAR.
MAIS QUE ESCOLA,
ONDE TODOS NÓS PODEMOS FICAR,
ESSE É O LUGAR EM QUE REALMENTE PODEMOS CONFIAR!!!
NÃO IMPORTA O MOMENTO , ESTÃO SEMPRE A ATENDER,
ENTÃO NÃO TENHA DÚVIDAS,VENHA PRA CÁ LOGO VOCÊ!!!

♥♥♥♥♥♥♥

(8ª B)
video

(7ª A)
video

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Fale com a gente!





Envie sugestões e críticas para blogepg@gmail.com
ou deixe o seu comentário em algum texto.

Sua opinião é muito importante para nós!

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Desidratação

O risco de ter uma desidratação é maior no verão, pois nessa estação do ano transpiramos mais e existem mais chances de se comer uma comida estragada por má conservação.
A desidratação se caracteriza pela perda de líquidos e sais minerais do corpo. Quando o organismo está funcionando normalmente perde-se em média 2,5 litros de água por dia, seja pela urina e fezes, seja pelo suor ou pela respiração. Essa perda pode se tornar excessiva por vários motivos. O simples aumento da transpiração ou uma intoxicação alimentar podem ser fatores determinantes na hora de se ficar doente.
Uma pessoa desidratada fica com sede, com a boca e mucosas secas, olhos ressecados e fica muito tempo sem urinar. Existem algumas coisas que você pode fazer para prevenir a desidratação, como usar roupas leves, ingerir constante mente líquidos, não comer alimentos que tenham ficado muito tempo fora da geladeira, por exemplo, e sempre preferir ficar em lugares arejados e frescos.
Fonte: Banco de Saúde

Insolação

A insolação acontece quando uma pessoa fica tempo demais exposta ao sol. Seus sintomas são intensa falta de ar, dor de cabeça, náuseas, tontura, temperatura do corpo elevada, pele quente, avermelhada e seca, extremidades arroxeadas e até mesmo inconsciência.
Além disso, com ela também vem a desidratação e queimaduras que podem ser apenas pele vermelha até bolhas na pele. Para evitar que isso aconteça com você, evite tomar sol nos horários em que ele está mais forte e sempre use filtro solar.
Fonte: Banco de Saúde

Intoxicação alimentar

Quando as pessoas estão na praia ou no clube e ficam com fome, muitas não pensam duas vezes antes de comprar um sanduíche natural , ou aqueles camarões em espetinho que são vendidos pelos ambulantes. O que elas não sabem é que isso é muito perigoso, principalmente no verão quando a temperatura está alta e é mais fácil as comidas estragarem.
Por isso é importante sempre se alimentar em um lugar que você tenha certeza que a comida foi preparada com higiene e que foi bem armazenada, pois um alimento contaminado pela Salmonela, por exemplo, que é um microorganismo que atinge as carnes, pode causar até mesmo desidratação grave.
Apesar disso, em geral os sintomas da intoxicação alimentar duram poucos dias. Nos casos menos graves, um dia de repouso e a ingestão de uma grande quantidade de água ou de sucos, são suficientes para compensar a perda de líquidos provocada pela diarréia ou pelos vômitos.
Fonte: Banco de Saúde

Conjuntivite bacteriana

A conjuntivite bacteriana é a inflamação daquela pele transparente que recobre os olhos, chamada de conjuntiva. Ela é mais comum no verão, pois é muito fácil contraí-la ao freqüentar praias impróprias para banho e piscinas que não estejam devidamente tratadas.
Para evitar a contaminação é importante, além de não tomar banho em lugares indevidos, evitar usar toalhas de outras pessoas e entrar em contato com quem estiver com a doença, pois ela é de fácil transmissão.
Quando se contrai conjuntivite, os olhos ficam vermelhos e lacrimejantes, e há uma produção de secreção amarelada. Além disso, também são comuns fotofobia e uma sensação de que há areia dentro dos olhos.
Fonte: Banco de Saúde

Câncer de pele

Uma das principais causas do câncer de pele é a exposição excessiva ao Sol. As pessoas mais afetadas por essa doença são aquelas com a pele muito clara e sensível. Para se prevenir basta não tomar sol nos horários em que ele está mais forte, das 10 horas da manhã até as 4 da tarde. Além disso, é importante passar sempre filtro solar, até mesmo no dia a dia, e evitar cigarro e exposição a substâncias químicas como arsênio e alcatrão.
Os sinais mais comuns de que alguma coisa está errada são: mudanças na pele, como uma ferida que não sara ou uma pequena lesão endurecida, brilhante ou avermelhada e pintas, sinais e verrugas que crescem ou mudam de cor.
Fonte: Banco de Saúde

Micoses

Como o verão é a estação mais quente do ano, transpiramos muito e temos mais contato com a água. Isso faz com que a nossa pele fique úmida por mais tempo. A umidade da pele favorece o aparecimento das micoses, que são doenças causadas por fungos e que podem ser adquiridos na praia ou nas piscinas. Em contato com a pele úmida, os fungos se desenvolvem rapidamente. Todo o corpo pode ser afetado pelas micoses. No verão, é mais comum o acometimento das virilhas, pés e unhas. A doença inicia-se sempre por uma pequena lesão vermelha. Provoca escamação contínua da pele e coceira. O stress e o sol podem facilitar a sua manifestação. No pé, a micose mais freqüente é o pé-de-atleta, ou frieira. Ela ocorre entre os dedos. Esse tipo de micose quando não tratada pode facilitar a entrada de germes na perna provocando erisipelas, além disso com o passar do tempo provoca mau cheiro. Nas unhas a doença mais freqüente é a onicomicose. É provocada por fungos e também por outro tipo de microrganismo comum na natureza: as leveduras. Inicia-se na ponta da unha, deixando-a amarelada. Dói bastante e incomoda. Aos poucos, a unha fica espessada e com aparência feia. Ao sinal de micose, deve-se procurar o dermatologista. A automedicação não é aconselhada já que as micoses podem ser confundidas com outras doenças.
Fonte: Boa Saúde - Uol

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Maria Elaine A. Cambraia


Maria Elaine está entre os palestrantes do Congresso de Educação 2009, que acontecerá no Auditório do Educandário Padre Gilberto, no dia 23 de maio.

Educadora, psicóloga, diretora e consultora.
Presta assessoria a diversas escolas particulares e é gestora de um site de Educação, o Gestão Educacional (http://www.gestaoeducacional.net/). É mineira, radicada em Brasília atualmente, onde exerce o cargo de coordenadora e responsável pelo Departamento de Psicologia de uma escola-modelo em Brasília.Um de seus trabalhos como consultora às escolas refere-se à elaboração e participação nos processos de seleção de professores. Maria Elaine Cambraia concedeu ao Pedagógica News uma entrevista, onde aponta as melhores práticas para os educadores elevarem sua empregabilidade, e como se tornar um professor bem sucedido, com uma excelência na sua prática pedagógica.

Caio Feijó

Caio Feijó estará no Congresso de Educação 2009, no dia 23 de maio, no Auditório do Educandário Padre Gilberto. Ele ministrará a palestra "Preparando os alunos para a vida".

Currículum Cursivo Breve:

Psicólogo (CRP 08 5805), formado pela Universidade Tuiuti do Pr., Pós Graduação em Psicologia Clínica e Psicologia Organizacional. - Mestrado em Psicologia da Infância e da Adolescência pela Universidade Federal do Pr. com trabalho de pesquisa sobre Capacitação Humana e Desenvolvimento Interpessoal, notadamente, Desenvolvimento de Habilidades Sociais-Comportamentais. Cursos de Mediação pelo Instituto de Mediação do Pr., Prevenção de HIV / AIDS para adolescentes, pela Universidade de Liege / Tuiuti, Depressão, Distúrbios de Ansiedade, Terapia Sexual, Hipnose Clínica, entre outros.Professor, supervisor e coordenador de grupos de estudos em Orientação vocacional / Profissional, Terapia Cognitivo/Comportamental (individual e família), Dinâmicas de Grupo, Mediação e Avaliações Psicométricas.
Pesquisador nas áreas da Sexualidade, Drogadição, Agressividade, Intra e Interrelação pessoal e Comunicação.
Autor dos projetos sociais "Me dê Motivos" e "Integração Social para Crianças e Adolescentes".Atuação profissional passada: Mediador na Defensoria Pública do Estado do Paraná em 1996 e das Varas de Família em 2003- Psicólogo Educacional do Colégio Expoente entre 1997 a 2002.Atuação profissional atual: professor de Psicologia na FAMEC Faculdade Metropolitana de Curitiba, professor de Desenvolvimento Pessoal e Desenvolvimento Interpessoal e de Gestão de Conflitos na FACINTER Faculdade Internacional de Curitiba e Psicólogo Clínico (consultório particular). Coordenador do projeto "ABRAÇE" (recuperação de alunos ausentes em sala de aulas) da Prefeitura Municipal de São José dos Pinhais, consultor e supervisor para Avaliações Psicométricas e atuante no campo de Treinamento de Habilidades Sociais e Comportamentais. Palestrante sobre temas entre os quais se destacam: Interrelação pessoal, Adolescência, Motivação, Comunicação, Drogadição, Família e Escola, Depressão, Ansiedade, Stress, Mediação (resolução de conflitos), entre outros.Autor dos livros "Pais Competentes, Filhos Brilhantes", "Preparando os Alunos Para a Vida", "Os 10 Erros que os Pais Cometem" e "A Sexualidade Adolescente e o Uso de Drogas".

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO